fluxos-logistica

Logística: O que é? Entenda definitivamente

Definição de Logística

A logística é geralmente a organização detalhada e a implementação de uma operação complexa. Em um sentido empresarial geral, a logística é a gestão do fluxo de coisas entre o ponto de origem e o ponto de consumo para atender aos requisitos de clientes ou corporações.

Os recursos gerenciados em logística podem incluir itens físicos, como alimentos, materiais, animais, equipamentos e líquidos; bem como itens abstratos, como tempo e informações.

A logística de itens físicos geralmente envolve a integração de fluxo de informações, manuseio de materiais, produção, embalagem, inventário, transporte, armazenagem e, muitas vezes, segurança.

 

Gestão Logística

O gerenciamento de logística é a parte do gerenciamento da cadeia de suprimentos que planeja, implementa e controla o fluxo efetivo e efetivo e reverte o fluxo e o armazenamento de bens, serviços e informações relacionadas entre o ponto de origem e o ponto de consumo para atender aos requisitos dos clientes .

Gerenciamento Logístico – Limites e Relacionamentos

As atividades de gerenciamento de logística geralmente incluem gerenciamento de transporte de entrada e saída, gerenciamento de frotas, armazenagem, manuseio de materiais, cumprimento de pedidos, design de rede logística, gerenciamento de estoque, planejamento de oferta / demanda e gerenciamento de provedores de serviços de logística de terceiros.

Em vários graus, a função de logística também inclui sourcing e aquisição, planejamento de produção e agendamento, embalagem e montagem e atendimento ao cliente. Está envolvido em todos os níveis de planejamento e execução – estratégico, operacional e tático.

O gerenciamento de logística é uma função de integração, que coordena e otimiza todas as atividades de logística, além de integrar atividades de logística com outras funções, incluindo marketing, fabricação de vendas, finanças e tecnologia da informação.

 

Atividades e Campos Logísticos

Por ser uma função de integração que gerencia fluxos de itens físicos ou virtuais, como produtos, informações, pessoas ou dinheiro, existem inúmeros campos onde podem ser aplicados os conceitos e realizado o gerenciamento logístico dos itens movimentados.

Falaremos abaixo das 7 atividades mais conhecidas. Antes, dado os serviços realizados pelos logísticos, seguem alguns dos principais campos em que a logística pode ser dividida:

  • Inbound logistics
  • Outbound logistics
  • Intralogistics
  • Procurement logistics
  • Distribution logistics
  • After-sales logistics
  • Disposal logistics
  • Reverse logistics
  • Green logistics
  • Global logistics
  • Domestics logistics
  • Concierge Service
  • RAM logistics
  • Asset Control Logistics
  • POS Material Logistics
  • Emergency Logistics
  • Production Logistics
  • Construction Logistics
  • Capital Project Logistics
  • Digital Logistics
  • Business logistics

 

As 7 Atividades Mais Conhecidas

Inbound Logistics

A logística de entrada  é um dos principais processos de logística concentrando-se na compra e organização do movimento de entrada de materiais, peças ou estoque finalizado de fornecedores para instalações de fabricação ou montagem, armazéns ou lojas de varejo.

Outbound Logistics

A logística de saída é o processo relacionado ao armazenamento e ao movimento do produto final e os fluxos de informação relacionados, desde o final da linha de produção até o usuário final.

Intralogistics

A intralogística é a arte de otimizar, integrar, automatizar e gerenciar o fluxo logístico de informações e bens materiais dentro dos muros de um centro de atendimento ou distribuição.

As soluções de intralogística muitas vezes alcançam avanços na produtividade operacional através da integração de manipulação de materiais e tecnologias de processamento de informações que otimizam os processos de realização e melhor aproveitam os recursos de equipamentos e mão-de-obra, sejam elas aplicadas a configurações de sistema manuais, mecanizadas ou totalmente automatizadas.

Procurement logistics

A logística de compras consiste em atividades como pesquisas de mercado, planejamento de necessidades, decisões de compra e compra, gerenciamento de fornecedores, pedidos e controle de pedidos. Os seus objetivos podem ser contraditórios: maximizar a eficiência, concentrando-se nas competências básicas, terceirização, mantendo a autonomia da empresa ou minimizando os custos de compras, ao mesmo tempo em que maximiza a segurança dentro do processo de suprimento.

Distribution logistics

A logística de distribuição tem, como tarefas principais, a entrega dos produtos acabados ao cliente. Consiste em processamento de pedidos, armazenagem e transporte. É necessária porque o tempo, o local e a quantidade de produção diferem com o tempo, o local e a quantidade de consumo.

Reverse logistics

A logística reversa denota todas as operações relacionadas à reutilização de produtos e materiais. O processo inclui a gestão e a venda de excedentes, bem como os produtos que são devolvidos aos fornecedores dos compradores. A logística inversa representa todas as operações relacionadas à reutilização de produtos e materiais.  Mais precisamente, é o processo de transferência de mercadorias do seu destino final típico com o objetivo de capturar o valor, ou disposição adequada.

Business logistics

Uma definição de logística empresarial fala de “ter o item certo na quantidade certa no momento certo, no lugar certo, pelo preço certo na condição certa para o cliente certo”. Ela incorpora todos os setores da indústria e visa gerenciar o bom funcionamento dos ciclos de vida dos projetos, cadeias de suprimentos e eficiências resultantes.

O termo evoluiu desde a década de 1960 devido à crescente complexidade de abastecer as empresas com materiais e enviar produtos em uma cadeia de fornecimento cada vez mais globalizada, levando a um chamado para profissionais chamados “gestores da cadeia de suprimentos”.

Nos negócios, pode ter um foco interno (Inbound) ou um foco externo (Outbound), cobrindo o fluxo e armazenamento de materiais do ponto de origem ao ponto de consumo.

As principais funções de um logístico qualificado incluem gerenciamento de estoque, compras, transporte, armazenagem, consulta e organização e planejamento dessas atividades. Os logísticos combinam um conhecimento profissional de cada uma dessas funções para coordenar recursos em uma organização.

Sinergia e Integração

Sinergia e integração talvez sejam as palavras que melhor expressam a essência dos resultados obtidos pelo gerenciamento logístico adequado das operações de movimentação de pessoas, produtos, dinheiro, informações, alimentos ou quaisquer outros itens.

Desta forma, em um contexto empresarial em que o mundo é globalizado e que os consumidores exigem qualidade e velocidade, esta é uma das principais áreas que podem ajudar a encontrar e manter uma vantagem competitiva sustentável.

Gostou deste conteúdo? Veja também nossos conteúdos sobre Supply Chain e descubra ainda mais sobre como acelerar seus processos.

Rafaela Campos Benatti

CEO na Accellog Global Technology e idealizadora do projeto Desafios da Logística.

Empreendedora serial, administradora de empresas, coach e arquiteta em formação apaixonada pela vida, por conhecimento, pelo novo e por aventura.

4 comments